Tipos de Vinho do Porto | Principais Marcas & Melhores Adegas

O vinho do Porto é o mais prestigiado e conhecido dos vinhos portugueses e um dos mais consumidos na Europa. Recebe o nome da cidade costeira do Porto de onde é expedido, mas na verdade é produzido com uvas cultivadas no interior montanhoso do Alto Douro (região vitivinícola). Vamos descobrir porque é tão especial!

PORTO, CIDADE DO VINHO

Poderíamos chamar o Porto de cidade do vinho porque de um lado se aprecia o “vinho verde”. Aquele vinho fresco, de tenra idade, que na verdade não é verde! E por outro lado, podes conhecer o famoso “vinho do Porto”, generoso e macio na boca, que é o mais exportado de Portugal para todas as partes do mundo.

Mas nem sempre foi exportado daqui. O centro do comércio do vinho era a elegante cidade de Viana do Castelo, na costa norte do país. O que acontecia era que o relevo montanhoso não permitia o transporte por terra dos vinhos do Vale do Douro para lá. Assim, começaram a transportá-los pelo rio Douro até à cidade do Porto. E de lá, para o mundo!

port wine brands douro river

  • História do Vinho do Porto

Mercadores ingleses chegaram à cidade do Porto à procura de um substituto para o vinho francês quando, em 1678, Inglaterra e França entraram em guerra. O governo francês lançou uma série de medidas para restringir as importações de produtos britânicos no seu país, e o governo britânico interrompeu o comércio com a França. Então, o Porto era essa alternativa de abastecimento que procuravam.

Mas o vinho escapou na longa viagem para Inglaterra, e a necessidade de o conservar levou os mercadores a adicionar-lhe aguardente. Isso estabilizou o vinho e permitiu que ele resistisse às temperaturas e umidade dos passeios de barco. Essa mistura animou os ingleses, incentivando-os a se instalarem na cidade e abrirem as suas próprias adegas por lá. Por isso, existem tantos nomes britânicos nas marcas.

Um século depois, em 1756, o primeiro-ministro português, Marquês de Pombal, estabeleceu os limites geográficos das vinhas do vinho do Porto, criando a “Região Demarcada do Douro”. As vinhas foram classificadas de acordo com a sua qualidade e foram estabelecidos os padrões para a produção de vinho.

  • Presente

Existem cerca de 33.000 viticultores certificados na região do Douro e mais de 30 castas aceites para produzir este vinho. São cultivadas em terraços íngremes o que dificulta muito a mecanização do processo. Mas as condições de clima, solo e castas da Região Demarcada do Douro não se repetem noutras partes do mundo!!

Existe todo um negócio turístico em torno deste negócio: provas de vinhos, passeios de comboio, cruzeiros de barco, participação na vindima, lembranças do Vinho, etc. Vamos conhecer melhor o produto!

douro valleyCredit: Flickr matte0ne

QUE TIPOS DE VINHO DO PORTO EXISTEM? (ESTILOS DE PORTO)

O que são vinhos fortificados?

O Porto enquadra-se na categoria dos vinhos generosos. São os vinhos aos quais se adiciona um licor destilado, antes ou durante o processo de fermentação. Quando este processo é interrompido com uma aguardente, consegue-se um elevado teor alcoólico e de doçura (pelos açúcares residuais que não conseguiram fermentar).

Graças a este teor alcoólico (entre 19º e 22º), os vinhos podem durar muitos anos em excelentes condições. Em alguns casos, a qualidade aumenta com o passar dos anos!

Vejamos os tipos de vinho do Porto:

VINHO TINTO

Diferenciamos duas variações de porta vermelha:

Porto Ruby: Envelhece em garrafa depois de passar um a três anos em barrica. Tem uma cor mais brilhante e intensa (cor rubi).

  • Late Bottle Vintage (LBV) Portos: envelhecem 4 a 6 anos antes de serem engarrafados, têm um carácter vintage.
  • Vintage Single Quinta: produzido com os frutos de uma única vinha em quantidades muito pequenas.

Vinho do Porto Tawny: Envelhecido em barricas ou cascos de carvalho. Perdeu aquela cor rubi e está mais transparente. Acompanha bem presunto, frutos secos e queijos fortes.

  • Sem indicação de idade: tem idade mínima de dois anos.
  • Com indicação de idade: categorizado em 10, 20, 30 e 40 anos.

types of port wine

VINHO ROSÉ

É elaborado a partir de castas de uvas tintas e, por ter um processo de maturação mais curto, resulta numa cor mais clara. É um vinho muito aromático e muito apreciado quando servido bem frio ou com gelo, também em cocktails.

VINHO BRANCO

Dos vinhos que utilizam uvas brancas, distinguem-se os brancos secos, meio secos e doces.

Não são os mais populares (o vinho tinto representa quase toda a produção da região) mas funcionam bem como aperitivo e com refeições leves como as que podes encontrar no nosso post sobre a comida tradicional portuguesa. E como sempre, são servidos a uma temperatura mais baixa que o tinto, entenda-se: bem fresco!

PORTO VINTAGE

É o rei dos vinhos do Porto. Apenas as melhores colheitas são consideradas vintage. É o único que envelhece em garrafa durante décadas após um breve período em barris de madeira. À medida que amadurece, adquire uma cor granada mais intensa, realçando o seu sabor e aroma.

Se queres aprender mais sobre vinhos, o melhor é fazer um tour com um especialista!

types of port wine brands Old Vintage Port

OS MELHORES PASSEIOS DE VINHOS DE VINHO DO PORTO

Fazer um passeio com um guia local pode ser uma ótima introdução à história e cultura do vinho do Porto. Embora as adegas não estejam no Porto mas sim em Gaia, a cidade oposta.

Não podemos decidir por apenas um… então fizemos uma lista dos melhores. Tem em mente que a última visita é geralmente uma hora antes do horário de fecho. Ah! E os vinhos são bem fortes, então se fores de manhã cedo, é melhor tomares um bom pequeno almoço antes de ir!

  • Porto Cálem

Nesta cave de vinho do porto, podes escolher entre vários tipos de experiências: a visita de prova de vinhos, o vinho & queijos, o vinho & chocolate, ou o espectáculo de Fado. Eles também têm um museu multissensorial interativo. É um passeio de alta qualidade, de fato!

Preço: Visita standard 13€ com prova de dois vinhos. Visita Premium 16€ com três vinhos.

11-17 anos 6€. até 10 grátis

Horário de funcionamento: 10h00 – 19h00. Última visita às 17h40

  • Ferreira

Esta marca foi fundada por uma família de viticultores do Douro em 1751, e continua a ser um dos principais produtores de vinho. Pode-se dizer que Dona Antónia Adelaide Ferreira, “a Ferreirinha” para os portugueses, foi a pessoa mais influente na história dos vinhos do Porto. É uma visita mais curta e básica, mas eles responderão a quaisquer perguntas que  possas ter. A propósito, a adega foi construída num antigo convento de Vila Nova de Gaia.

Preço: Visita clássica 13€ com prova de dois vinhos. Visita Premium 16€ com três vinhos

Horário de funcionamento: 10h00 – 18h00. Última visita às 17h45.

  • Ramos Pinto

Esta casa fundada em 1880 ocupa grande parte do mercado de vinho do Porto. Aqui podes visitar o gabinete do seu fundador, Adriano Ramos Pinto, hoje convertido num museu que preserva os objectos e o ambiente dos anos 30. E, claro, as adegas.

Preço: 12€ com prova de dois vinhos

Horário de funcionamento: 10h00 – 18h00. Última visita às 17h00

port wine brands ramos pinto cellars

  • Sandeman

Uma das marcas de vinho mais conhecidas e um dos passeios mais populares. Neste caso, pode ser conveniente reservar com antecedência. E mesmo que faças o passeio noutra adega, vale também a pena ir à esplanada tomar um cocktail de vinho do Porto (o Portonic ou o Pinktonic!)

Preço: A partir de 19€ com prova de dois vinhos.

Horário de funcionamento: Verão: 10h00 – 20h00. Última visita às 19h00. Inverno: 10h00 – 18h00. Última visita às 17h45.

 

Bom, depois de uma palestra, começa a aula prática, né? Esperamos por ti de braços abertos, no melhor hostel do Porto, o Cats Porto Hostel naturalmente!

RESERVAR AGORA NO CATS OPORTO

MELHOR OFERTA

PAGAR À CHEGADA
DESCUBRA-NOS
* Termos e condições aplicáveis
close-link